Booking.com
airbnb na Itália
Informações práticas

Como é alugar um apartamento com Airbnb na Itália

Na Europa Airbnb é uma realidade consolidada. A plataforma californiana líder no setor de aluguel de quartos e apartamentos por temporada movimenta anualmente cerca de 24 bilhões de dólares (um valor superior aquele da rede hoteleira Marriott) e o velho continente incide nessa nova modalidade de economia do compartilhamento.  Além dos Estados Unidos, França e Itália ocupam o vértice do ranking dos países com maior número de usuários e anfitriões que utilizam Airbnb.

aluguel de apartamento na Itália

De acordo com os dados divulgados pela empresa, em 2015 mais de 3 milhões e 600 mil turistas hospedaram-se na Itália graças à plataforma. O site é a vitrine de mais de 150 mil imóveis e estima-se que cada anfitrião italiano fature cerca de 2300 euros por ano alugando um imóvel por 26 noites. Apesar do braço de ferro entre a empresa americana e o governo italiano em matéria de eventuais impostos, a plataforma continua atraindo muitos usuários, mas será que o aluguel de um apartamento na Itália é uma boa alternativa ao clássico hotel?

Antes de mais nada, é preciso ter em mente a própria personalidade e as suas expectativas. Hotéis representam a garantia de uma recepção aberta 24 horas por dia, cama arrumada diariamente, um interlocutor à disposição para qualquer imprevisto, um frigobar cheio e café da manhã pronto para ser degustado. O esquema proposto pelo Airbnb é ideal para quem é mais flexível e costuma organizar pessoalmente cada detalhe do próprio itinerário de viagem.

Pessoalmente, gosto da sensação de viver como um local nas cidades que visito e às vezes também levo comigo um animal doméstico. Hospedando-se em um apartamento alugado por pouco dias você é totalmente autônomo, não precisa interagir com nenhuma portaria e pode usufruir de espaços mais amplos e de uma cozinha para preparar suas próprias refeições.

Obviamente, isso comporta esforços logísticos, como comprar o que falta, mas pode ser uma vantagem para quem prefere tomar o café da manhã ainda de pijama ou como eu, costuma passar o dia inteiro fora e só retornar ao apartamento à noite, sem fôlego para sair de novo.

aluguel de apartamento na Itália

Claro que o risco do apartamento ou anfitrião não corresponder às suas expectativas existe. Nesse caso, fica difícil encontrar uma hospedagem alternativa durante a viagem.

Por esse motivo, antes de alugar qualquer imóvel, é importante ler os comentários de quem já frequentou a casa ou o apartamento, avaliar a sua posição no mapa e relativa distância dos principais pontos turísticos, verificar se nos arredores existe um sistema de transporte eficiente e interagir virtualmente com o futuro anfitrião. Só assim é possível deduzir se é alguém disposto a esclarecer imediatamente as suas dúvidas e intervir em caso de necessidade.

Os apartamentos que alugamos na Itália quase sempre estavam bem equipados com roupas de banho, cozinha com utensílios e eletrodomésticos, banheiro com secador de cabelo e em alguns casos mimos como um prosecco e cesta de frutas na geladeira. Sempre tive sorte de encontrar pessoas gentis e o que era um relacionamento formal entre cliente e anfitrião em alguns casos transformou-se em amizade. Se você já teve uma experiência similar, conte para gente como foi alugar uma casa ou apartamento na Itália.

This article has 4 comments

  1. Brenda

    Olá!

    Utilizei o Airbnb para uma hospedagem aqui mesmo no Brasil e adorei a experiência em todos os sentidos, anfitrião extremamente solícito, de fácil comunicação, casa limpa, organizada e o melhor foi realmente a experiência de viver como um local. Nossa próxima viagem será para a Itália e foi ótimo ler seu post! Como será nossa primeira hospedagem fora do Brasil, decidi ler relatos de quem já foi antes de optar novamente pelo Airbnb. Mas pelo que estou pesquisando, o pessoal tem aprovado. Gostaria de saber se por gentileza você poderia compartilhar em qual residencia ficou na Italia e quais bairros são mais indicados! Iremos em família para conhecer pontos turísticos, porém não fazemos questão de ficar em locais muito badalados – mas claro também, não muito distantes.

    Obrigada!

  2. anelise sanchez

    Querida Brenda,

    Eu sempre costumo utilizar o Airbnb porque prefiro a flexibilidade desse tipo de acomodação. Eu moro em Roma e já utilizei apartamentos em Bolonha, Mestre (para visitar Veneza) e La Spezia, como base para Cinque Terre. Algumas desses lugares te interessa?
    Abs,
    Anelise

  3. joão carlos gonçalves pinto

    Anelise, irei para Cinque Terre e gostaria de suas indicações do Airbnb de lá e La Spezia.

  4. anelise sanchez

    OI João! Nós ficamos em um apartamento com estacionamento para o carro que fica a cerca de 12 km de La Spezia. O proprietário é gentilissimo e o ap limpo e novinho. O dono deixou até prosecco na geladeira e todo dia nos presenteava com as frutas de seu quintal. Ele, inclusive, trabalhou no BR. Você pode ver os detalhes nesse link aqui e se puder fazer a reserva no booking aqui pelo Post-Italy agradeço. O preço é o mesmo, só que o Booking repassa uma pequena comissão para mim. Se fizer a reserva pode dizer que foi indicação nossa. :-). Ficamos amigos e compartilhamos muitas histórias.
    Abs

    https://www.booking.com/hotel/it/il-buen-retiro.pt-br.html?aid=859543;sid=d2dc65750e2caac6ae6609ef84025dd0;dest_id=900050793;dest_type=city;dist=0;group_adults=2;hpos=7;room1=A%2CA;sb_price_type=total;srfid=ea730548ad3b7dea32c33c4b1a7f15a3c7c7d586X7;type=total;ucfs=1&#hotelTmpl

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

468x60