Booking.com
Grattachecca-em-Roma
Pizza, sorvete, street foodSaborear

Sabor de verão: grattachecca em Roma

Eles são quase uma instituição, um dos símbolos do verão na capital italiana. Nas noites mais abafadas, os romanos adoram passear pelo Lungotevere  na busca de algo fresco ou gelado para suportar o calor. Estou falando de duas delícias típicas desse período: o cocomero e a grattachecca.

Grattachecca-em-Roma

O primeiro nada mais é do que a melancia, quase sempre vendida em fatias, enquanto que a gratttachecca é uma bebida similar à raspadinha brasileira, ou seja, gelo picadinho com suco de fruta fresca ou diferentes tipos de xaropes como aquele de amarena (cereja negra). Mas o que a grattachecca romana tem de tão diferente?

Grattachecca-em-Roma

Ao contrário da granita, que é tipicamente siciliana, na gratachecca os xaropes ou sucos de frutas só são adicionados depois que o gelo é raspado. Já na granita, a água, o suco e o açúcar são misturados juntos e, em seguida, congelados e picados.  

verão em Roma

O sabor autêntico é o elemento que faz a diferença nesse tipo de street food  romano e vale lembrar que a água da capital é considerada uma das melhores do mundo! Vocês já devem ter notado os antigos aquedutos espalhados por vários pontos da cidade. 

Grattachecca-em-Roma

Por esse motivo, mesmo de madrugada, não se assuste se encontrar filas para saborear uma grattachecca. O sabor da bebida recompensa qualquer espera.

Grattare, na língua italiana, significa raspar. Checca, por sua vez, é uma palavra de origem antiga que servia para identificar o grande bloco de gelo utilizado para conservar os alimentos quando a geladeira ainda não existia.

Grattachecca-em-Roma

Essa especialidade é  vendida de noite em diversos quiosques de Roma e um dos mais famosos é aquele chamado Sora Maria, que orgulha-se de seus mais de 80 anos de história e situa-se na Via Trionfale, na altura do número 37, esquina com Via Telesio, em um bairro um pouco mais distante do centro histórico.

Grattachecca-em-Roma

Quem não quiser renunciar a esse prazer, mas preferir um endereço mais perto do próprio hotel pode consultar o ranking elaborado em 2012 pelo Il Messaggero com os melhores quiosques da capital e também algumas dicas. Confira!

Chiosco Testaccio (Via Via Giovanni Branca). Gelo ainda raspado a mão, como manda o figurino. Sabor sugerido: amarena (cereja negra).
Sora Mirella  (Lungotevere degli Anguillara, esquina com Ponte Cestio). Em Trastevere, esse quiosque tem quase 100 anos de história. Famoso pela grattacheccha chamada “preziosa” com frutas vermelhas espremidas e inteiras.
Fonte d’Oro (Piazza Giuseppe Gioacchino Belli). Ainda em zona Trastevere.Seu grande clássico é a grattachecca com um mix de morangos, pêssego e limão.
Sorsi e Morsi  (Piazzale degli Eroi). Prove a grattachecca insólita a base de maçã, canela e limão
Ara Pacis  (Lungotevere in Augusta, esquina Ponte Cavour). Lugar que soube conquistar até intelectuais como Pier Paolo Pasolini. Não saia sem provar a grattachecca fresquíssima a base de cedro e limão.
Buenos Aires (Piazza Buenos Aires). Famoso pelo mix de sabores limão e coco e também café com hortelã.
Ponte Mollo (Largo Maresciallo Diaz/Piazza Ponte Milvio).Quiosque situado no meio da balada romana. Prove a mistura de tamarindo e cereja negra.
Giulio Cesare (Viale Giulio Cesare 140/esquina Leone IV). Será difícil escolher entre tntas propostas. Na dúvida, aposte no clássico horchata e hortelã.
Tazza d’Oro (Via degli Orfani, 84). Desde 1946, renomado por seus produtos a base de café.

Procurando hospedagem? Reservando qualquer hotel aqui no Post-Italy.com, a partir dessa caixa de busca, você não paga nem um centavo a mais por isso e eu ganho uma pequena comissão. Assim você colabora com a atualização constante do site e eu agradeço! O mesmo vale para o aluguel de carros com a Rental Cars.

Booking.com

 

728x90

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

468x60