Booking.com
Piazza Grande, Gubbio
Città d'ArteVer

Gubbio: Úmbria medieval que encanta

A Úmbria – também conhecida como o coração verde da Itália – costuma ser injustamente pouco considerada pelos turistas brasileiros. Nos raros casos nos quais a região é incluída em um roteiro de viagem, a exploração da Úmbria limita-se, com maior frequência, a um tour por Perugia ou Assis. É realmente uma pena.

Gubbio, Itália

Principalmente no verão, quando regiões vizinhas mais batidas pelo turismo, como a Toscana, costumam ser invadidas por turistas estrangeiros, a Úmbria pode revelar-se um verdadeiro oásis de tranquilidade.Além de colecionar belas paisagens e encantadoras cidades medievais, a região orgulha-se de sua vasta oferta gastronômica. Ali acontecem, anualmente, eventos como os festivais Eurocholate, em Perugia, e I Primi d´Italia, em Foligno.

cidade de Gubbio

É na Úmbria que encontramos vinhos de prestígio como o Montefalco Rosso ou o Sagrantino di Montefalco, trufas negras, carne de javali, as famosas lentilhas de Castelluccio e muitas outras especialidades. Já tive a chance de visitar diversas cidades da região, como Orvieto, mas uma das minhas metas preferidas é Gubbio, localizada no norte da Úmbria.

tetos de Gubbio

Para você ter uma ideia, a distância entre Gubbio e Perugia é de aproximadamente 44 quilômetros. Portanto, vale uma esticada se encontrar-se na capital da Úmbria. Conheci a cidade no inverno e foi um prazer circular por seus becos e ruas estreitas, contemplar as suas casas de pedras com tetos de terracota, visitar seus monumentos e provar deliciosos pratos típicos em seus restaurantes.

igreja de Gubbio, Itália

Assim que chegar em Gubbio notará que a cidade é circundada por muralhas com seis portas de acesso. Elas foram erguidas por volta do século XIII. Incrível, não? Se essa data é surpreendente, saiba que Gubbio foi fundada por volta do século 3° a. C e que o local era estratégico para o império romano.

Gubbio

Fora dos muros de Gubbio ainda existem vestígios de um anfiteatro romano do século 1° d.C que testemunha esse importante período histórico. O principal ponto de encontro da cidade é a chamada Piazza Grande, uma imensa praça na qual encontram-se o Palazzo dei Consoli, que começou a ser construído em 1332 como residência da magistratura. Hoje o palácio é sede do Museu Cívico e de uma galeria de arte e uma de suas principais atrações são as Tábuas Eugubinas, com inscrições em caracteres etruscos e romanos.

fonte dos loucos em Gubbio

Para muitos italianos essa é uma praça familiar porque, no passado, ali foram gravadas diversas cenas de uma famosa série televisiva chamada Don Matteo. Gubbio possui outros edíficios históricos como o Palazzo del Podestà – atualmente sede da prefeitura – e o Palazzo Ducale, que copia a casa da família Montefeltro em Urbino, além de importantes igrejas.

casas da cidade de Gubbio

O Duomo di Gubbio é do século XIII e a cidade também dedicou uma igreja a São Francisco de Assis. Pouca gente sabe, mas em 1207, ano no qual o santo renunciou aos bens mundanos – a cidade teria hospedado São Francisco.

cidade de Gubbio, Itália

Outra atração imperdível é a Loggia dei Tiratori ou Galeria dos Tecelões, onde os artesãos costumavam esticar e secar a lã à sombra de uma granda varanda. Em Gubbio a história está por todos os lados, mas a cidade também possui um lado extravagante e supersticioso.

Gubbio, Úmbria, Itália

Se visitá-la, repare que em muitas casas, ao lado da porta principal existem portas menores que, segundo uma crença servia exclusivamente para remover o corpo de quem morria dentro de casa. Em Gubbio também fica a Fonte dos Loucos (Fontana dei Matti), chamada assim porque, segundo uma crença, quem desse três voltas ao redor dela ficaria louco.

Para chegar lá de carro: A distância entre Roma e Gubbio é de aproximadamente 220 km. É necessário pegar a rodovia A1 até a saída para Orte. Depois seguir indicações para Perugia e Gubbio.
De trem ou ônibus: O tempo médio de viagem é de 2h30. Os trens saem de Roma Termini e chegam até a estação mais próxima da cidade, que é aquela de Fossato di Vico e fica a cerca de 20 km de Gubbio. Nesse caso, as passagens custam a partir de 11,20 euros (só ida) e seria necessário pegar um táxi até o centro da cidade. Outra alternativa é pegar o ônibus da empresa Sulga que parte da estação Roma Tiburtina às 16h e chega ao centro de Gubbio às 19h. O preço da passagem de ida é de 18 euros, mas considerando os horários você precisaria dormir na cidade pelo menos um dia.
Onde comer: Nós almoçamos mais de uma vez na Taverna del Lupo (Via Giovanni Ansidei, 6), que prepara ótimos primeiros pratos de massas com trufas.
O que comprar: As típicas cerâmicas produzidas na cidade desde os tempos mais antigos, além de trufas e pastas artesanais.
Data especial: No dia 15 de maio acontece a Corsa dei Ceri, uma antiga tradição popular na qual três equipes de devotos erguem estruturas de madeira grandes e pesadas e as transportam por um percurso de quatro quilômetros até a Basílica de San Ubaldo, padroeiro da cidade.

 

This article has 1 comment

  1. Alfredo

    Un bel capodanno, quello in Umbria.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *