Booking.com
Fórum Romano em Roma
MonumentosVer

Dicas para um passeio pelo Fórum Romano, símbolo da antiga Roma

Nenhuma viagem à Itália é completa sem um passeio pelo Fórum Romano, um dos complexos arqueológicos mais fascinantes da capital. Orientar-se entre as suas inúmeras ruínas de arcos, templos e basílicas pode não ser uma tarefa simples e por isso pensei em organizar nesse artigo algumas informações úteis para quem pretende visitar o local.

Fórum Romano

A primeira coisa que me vem em mente é a logística e o planejamento da visita. Pessoalmente, se pudesse escolher evitaria explorar a área do Fórum Romano durante o verão. Considere que se trata de um complexo ao ar livre, exposto diretamente ao sol. Acredite, o verão em Roma pode ser cruel e você precisaria de muita resistência para completar e apreciar o passeio.

Fórum Romano

Se você viaja com crianças pequenas, também vale a pena saber que o chão do complexo arqueológico é irregular e talvez não seja tão simples assim circular por lá com carrinhos de bebê. Antes de começar a visitar o local, sugiro que você faça o esforço de observar toda a sua grandeza do alto do monte Capitolino. De lá você terá uma ideia bem clara da dimensão do Fórum Romano.

Fórum Romano

Para entender a sua importância, basta saber que o Fórum Romano era o centro monumental da antiga Roma. O centro era a praça atravessada pela Via Sacra. Era por lá que passavam os religiosos e as procissões triunfais em direção ao Templo de Júpiter, o mais importante entre os deuses romanos. A praça era onde se concentravam as atividades de comércio, cortes de justiça e centros políticos, mas originariamente era uma zona em parte pantanosa utilizada como lugar para sepulturas desde o século X a.C.

Fórum Romano

No início da República o Fórum era um cenário misto. Barracas de comida e prostíbulos conviviam com símbolos do poder como o Senado. Foi só por volta do II século a.C que Roma decidiu que precisava reorganizar a sua arquitetura e durante o império novos monumentos e templos foram acrescentados ao Fórum Romano.

Fórum Romano

Ao entrar no Fórum, o primeiro monumento que encontrará são as ruínas da Basílica Emilia ou Aemilia (179 a.C), único exemplo de basílica republicana.

Nas proximidades da basílica, no interior da Cúria (o antigo senado romano), ficam painéis de mármore em relevo que contam episódiso importantes da história romana. Eles são os chamados Plutei de Trajano e um deles mostra livros de registros de impostos que o imperador teria destruído para que os cidadãos de Roma se livrassem de seus débitos.

Fórum Romano

Entre as construções mais bem preservadas do Fórum Romano, um dos destaques é o Arco de Sétimo Severo, arco triunfal erguido a partir de 203 d.C para celebrar a ocasião do décimo aniversário da chegada do imperador ao poder.

Cada templo do Fórum Romano revela diferentes histórias. Aquele de Saturno era palco das Saturnalia. O evento acontecia anualmente, no mês de dezembro. Durante o período, as escolas permaneciam fechadas e senhores e escravos comiam na mesma mesa. Já o Templo de Castor e Pólux, decorado por colunas coríntias, era uma construção dedicada aos irmãos gêmeos de Helena de Troia.

Fórum Romano

No Templo de Rômulo as protagonistas são as portas de bronze originais do século IV e o Templo de Vesta era muito respeitado na Roma antiga. A construção de forma redonda era um santuário criado em homenagem à Vesta, deusa do fogo. A chama era vigiada pelas Vestais, sacerdotisas do fogo. Elas eram originárias de famílias nobres, escolhidas precocemente – entre os seis e dez anos de idade – para cumprir essa missão. Elas exerciam o papel durante três décadas e eram muito respeitadas pela sociedade.

Fórum Romano

Cada imperador deu a sua contribuição ao Fórum Romano. O Templo de Vênus e Roma foi erguido em 135 d.C sob ordens de Adriano, o imperador culto. Domiciano, em 81 d.C, ordenou a construção do Arco de Tito para lembrar o saque de Jerusalém comandado por seu pai.

O meu preferido, no entanto, é o Templo de Antonino e Faustina, incorporado à igreja de San Lorenzo in Miranda. A obra foi construída em 141 pelo imperador Antonino Pio e era uma homenagem a sua falecida esposa, Faustina. Depois da morte de Antonino, seu sucessor, Marco Aurélio, decidiu dedicar o templo ao casal.

Fórum Romano

Outra grande atração do Fórum são as ruínas da Basílica de Constantino, o primeiro imperador romano a converter-se ao Cristianismo. Basta admirar os restos de suas enormes abóbodas para imaginar a imponência do edifício.

Fórum Romano

Na época era comum usar as basílicas para questões de justiça e negócios e outro exemplo dessa tradição é a Basílica Julia. O nome era uma homenagem a Júlio César e o edifício era sede da corte de uma corte de magistrados. Para orientar-se entre tantas ruínas, o ideal é fazer o download do aplicativo chamado ForumApp.

Fórum Romano

Sobre os ingressos, eles incluem a entrada para o Coliseu, Fórum Romano e Palatino. Para evitar filas, reserve-os antecipadamente com o nosso parceiro, a Get your Guide. Você  curte mais a cidade e, de quebra, dá uma forcinha para o site que te mantém atualizado com dicas sobre a Itália. 
Fórum Romano: Largo della Salara Vecchia 5/6. Para chegar lá: linha B do metrô, parada Colosseo 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *