Booking.com
verão em Roma
Informações práticas

Desmistificando: como é Roma no verão de agosto

Na comodidade de um apartamento com ar condicionado a gente até esquece o cenário lá fora e as consequências do tão temido verão romano. Depois de raros momentos de trégua, os primeiros dias do mês de agosto foram marcados por altíssimas temperaturas. Quando o termômetro não se encabula ao superar os 40°, os romanos enfrentam uma verdadeira prova de resistência.

Nós, brasileiros, costumamos diluir as nossas férias ao longo do ano. Quem tem filhos em idade escolar concentra o merecido período de descanso no mês de julho. Já aqueles livres de vínculos com crianças, marido, sogra e animais domésticos escolhem qualquer período do ano para viajar.

Verão em Roma

Aqui na Itália o ano letivo começa em meados de setembro e se conclui em junho. A pausa escolar coincide com o ápice do verão e durante essa estação a maioria dos romanos deixa a cidade. Claro que há exceções, mas grande parte dos moradores da cidade eterna prefere passar o verão longe da cidade eterna. É estranho pensar que Roma pode ter facetas bem distintas: aquela tradicional e caótica dos meses de primavera, outono e inverno, e aquela de uma capital tórrida, lenta e pouco frequentada em agosto.

Verão em Roma

Uma notícia curiosa que recentemente foi bem comentada por aqui é aquela da pausa de verão de uma igreja nos arredores da Piazza Farnese. Um cartaz colocado na porta do lugar de culto afirmava: “a igreja permanecerá fechada até 16 de setembro”. Atividades pastorais de férias? O Vicariato respondeu às críticas afirmando que Santa Caterina della Rota não é tecnicamente uma paróquia e que no bairro existem inúmeras outras basílicas abertas para quem quiser frequentar a missa.

Verão em Roma

Se nas décadas passadas o que acontecia era um verdadeiro êxodo, hoje a cidade não fica exatamente vazia. Cúmplice a crise econômica, alguns comerciantes decidiram não parar suas atividades em agosto, colocando em evidência cartazes como “siamo molto aperti”. Quem estiver na cidade em agosto provavelmente encontrará muitos lugares fechados em proximidade do Ferragosto (15 de agosto), mas é claro que existem sempre diversas opções de lazer mesmo durante os dias mais quentes.

Verão em Roma

Além dos museus -um refúgio seguro no calor – um dos programas mais legais é curtir a noite passeando entre as barraquinhas e estandes gastronômicos montadas nas margens do rio Tibre ou degustar uma grattachecca. Para os amantes da sétima arte, até o dia 10 de setembro acontece na Piazza Vittorio, no bairro Esquilino, a exibição de filmes ao aberto. Você pode conferir a programação completa do evento aqui.

Existem romanos que adoram a atmosfera da cidade em agosto porque além de poder circular com mais facilidade, de contemplar monumentos sem ser acotovelado ou desfrutar de sua agenda cultural, provam aquela sensação de ser uma espécie de guardião da capital que compartilham principalmente com os turistas. Desmistificando, Roma não para mas fica mais vagarosa e esses são alguns dos inúmeros sinais que indicam que a os romanos estão de férias.

Verão em Roma

Encontrar facilmente uma vaga para estacionar: Em Roma poucos prédios possuem garagem. Por isso, sair de carro e encontrar uma vaga para deixar o seu automóvel é como ganhar na loteria por aqui. Geralmente é necessário dar várias voltas no quarteirão ou apelar para santos e divindades antes de encontrar uma vaga.

Fachadas de lojas fechadas: Primeiro é o padeiro, depois a doceria, o jornaleiro, o açougue, a cafeteria, o “tabaccaio” … Quem pode foge do calor da capital.

Idosos que enchem os chamados “centri commerciali” ou shoppings e galerias comerciais: A Itália é um país com altos índices de população idosa e nesse período do ano é inevitável aqueles que não viajam procurem o frescor do ar condicionado dos shoppings.

Verão em Roma

Sotaques estrangeiros no centro histórico: Basta um breve passeio pelo centro para perceber que no ápice do verão é mais provável ouvir sotaques estrangeiros do que o dialeto romanesco. Turistas destemidos são os poucos que aventuram-se a explorar os monumentos da cidade nesse período do ano.

Gatos, cachorros, passarinhos e afins que trocam de dono temporariamente: Muitos italianos possuem um animal de estimação e nesse período do ano entram em cena os vizinhos quebra-galhos que, gentilmente, fazem o favor de alimentar ou levar para passear os nossos pets preferidos.

Varais vazios e condomínios silenciosos: Em alguns bairros de Roma ainda é comum estender roupas em varais à vista, mas em pleno mês de agosto será menos provável ver as roupas ou ouvir as crianças de seu vizinho.

Verão em Roma

Farmácias com turnos alternados: No verão as farmácias de um mesmo bairro costumam se revezar. Quando uma permanece aberta as outras fecham e vice-versa.

Transporte público ainda mais lento: A prefeitura já anunciou que de 31 de julho até 3 de setembro a linha A do metrô permanecerá fechada no trecho Termini –Arco di Travertino (em ambas as direções). O motivo é que sejam finalizadas as obras que permitirão a inauguração da estação San Giovanni que unirá as linhas A e C.

Dejá vu na televisão: Vale para Roma mas para outras cidades da Itália também. Nesse período do ano os canais da TV aberta costumam reprisar programas, alguns deles bem antigos. A nova programação só voltará ao ar em setembro.

Enfim, Roma nesse momento é a cidade dos turistas e daqueles romanos que sabem aproveitar os seus cantinhos secretos e o lado bom de sua lentidão.

Não se esqueça de fazer a sua cotação para encontrar o seguro de viagem mais conveniente para a sua permanência na Europa. Ele é obrigatório e evita dores de cabeça.
Ninguém merece enfrentar horas de filas no tórrido verão romano. Organize a sua viagem e não perca tempo. Reserve antecipadamente os ingressos para as principais atrações da cidade e do mundo com a Get your Guide, parceira do Post-Italy.com Você curte mais a cidade eterna e, de quebra, dá uma forcinha para o site que te mantém sempre informado sobre a Itália.

This article has 2 comments

  1. Paula Albernaz

    Estive em Roma no final de agosto de 2014 e depois voltei no reveillon do mesmo ano e é incrível a diferença! Achei muito estranho ver a plaquinha de “chiuso x ferie”. Eu achei que no verão a cidade ficasse movimentada, mas descobri que não é assim. Fiz todos os passeios com tranquilidade, sem tumulto, sem fila. Mas é importante ficar atento que muitos dos pontos turísticos fecham cedo, por volta das 16h, 17h. O clima estava ótimo e uma serata na beira do Tevere é um programa de fato imperdível! No fim das contas achei um ótimo período pra visitar a cidade! Em compensação detestei o início/final do ano. Cidade lotada, fica impossível fazer qualquer coisa!

  2. anelise sanchez

    Pois é, Paula, acho que cada estação tem o seu charme e sempre dá para aproveitar o melhor de cada uma.Baci

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *