Booking.com
Sass Pordoi: terraço das Dolomitas
Ar de montanhaSentir

Sass Pordoi: o terraço das Dolomitas

A maioria dos brasileiros que organizam uma viagem para a Itália planeja o próprio itinerário alfinetando no mapa as chamadas città d´arte.

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

Cidades como Roma, Florença e Veneza são metas quase obrigatórias em uma visita pelo belpaese, mas a variedade de paisagens e culturas italianas já é um ótimo motivo para explorar destinos menos conhecidos pelo turismo de massa.

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

Que você curta ou não a ideia de esquiar, a região do Trentino- Alto Adige é o seu destino ideal na Itália se você adora natureza, planeja fazer passeios e mais passeios, não tem preguiça de caminhar e não renuncia a comodidade de uma boa infraestrutura. Os melhores hotéis da região possuem spas em seu interior e oferecem todo suporte aos turistas. 

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

Nessa parte do país, o carro só servirá para você se deslocar de uma cidadezinha a outra porque a única maneira de explorar as aldeias e cenários paradisíacos do Trentino-Alto Adige é suar a camisa.

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

Eu não sou uma pessoa esportiva, mas praticar trekking nessa região para mim foi uma descoberta e tanto. Durante nossos passeios senti cansaço, frio, calor e frustração, mas também descobri que é a mente que comanda o corpo. Que a natureza recompensa os nossos esforços e não há nada de mais gratificante que estar em contato direto com as montanhas.

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

O Sass Pordoi fica na Val di Vassa, a cerca de 12 quilômetros da cidade de Canazei. Há anos essa montanha é percorrida por viajantes que ficam maravilhados com a vista de lá de cima.

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

Calma! Mesmo que você não seja um esportivo, lá existe uma funivia (teleférico) que em apenas quatro minutos chega a 2950 metros de altura.

Dolomitas na Itália

O panorama é de tirar o fôlego e o Sasso Pordoi é chamado de Terraço das Dolomitas. Do alto da montanha é possível avistar a Marmolada, Sassolungo, Catinaccio e até uma parte dos Alpes suíços e austríacos.

Alpes dolomíticos na Itália

Fotos: A. Santucci

Depois do passeio, você pode recuperar as energias em um refúgio em estilo tirolês, situado no alto do Sasso Pordoi.

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

É bom saber:

  • Não use tênis tradicionais para realizar esse tipo de passeio. O ideal são calçados para trekking, impermeáveis e resistentes a percursos com percalços.
  • O tipo de mochila que levará no passeio pode fazer muita diferença. Escolha um modelo resistente mas com tecido transpirante e, preferivelmente, impermeável.
  • Indispensável no verão: protetor solar, garrafa de água, óculos de sol, boné, camiseta de tecido transpirante para enxugar o suor, uma jaqueta para se proteger do frio, bastões de trekking, kit de pronto socorro, algo leve e energético para comer.

Sass Pordoi: terraço das Dolomitas

Procurando hospedagem? Reservando qualquer hotel aqui no Post-Italy.com, a partir dessa caixa de busca, você não paga nem um centavo a mais por isso e eu ganho uma pequena comissão.  Assim você colabora com a atualização constante do site e eu agradeço!

Booking.com 728x90

This article has 1 comment

  1. Alfredo

    Esperienza emozionante. Bisogna tornarci!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *