Booking.com
Informações práticas

A taxa turística em Roma e em outras cidades italianas

Uma dúvida muito comum entre aqueles que visitam a Itália pela primeira vez é a chamada imposta di soggiorno, ou seja, a taxa de permanência turística.

O valor cobrado aos visitantes varia de cidade para cidade e será empregado para aprimorar a qualidade dos serviços e para a manutenção da infra-estrutura à disposição dos turistas.

Criticada por muitos porque considerada uma forma rápida de aumentar as receitas das prefeituras locais, a taxa é obrigatória, com exceção de menores (leiam os detalhes abaixo).

Na prática, cada turista que hospedar-se em uma cidade italiana é obrigado a pagar uma taxa diária, por um máximo de dez dias consecutivos, que oscila conforme a categoria hoteleira escolhida.

Em Roma, por exemplo, esses últimos dias foram caracterizados por polêmicas entre a prefeitura da cidade eterna e representantes das principais associações hoteleiras. Isso porque a taxa para os hóspedes de hotéis cinco estrelas seria aumentada de 7 para 10 euros.

A prefeitura sustenta que a diferença de 3 euros não incidiria nos bolsos de quem hospeda-se em hotéis de luxo.

Já os representantes de associações hoteleiras acreditam que como Roma possui somente 29 hotéis 5 estrelas, o impacto econômico de tal operação nos cofres da prefeitura seria mínimo.

Por enquanto, os valores pagos em Roma são 7 euros para hotéis cinco estrelas, enquanto os hóspedes de estruturas classificadas como 4 estrelas pagam 6 euros por dia.

Os hotéis 3 estrelas cobram 4 euros por dia, enquanto naqueles com 2 ou 1 estrela o valor é de 3 euros por dia.

Os hóspedes que preferirem alugar uma casa ou apartamento ou ficarem em um bed and breakfast pagam 3,50 euros por dia, enquanto em um agriturismo o valor cobrado diariamente é de 2 euros.

A imposta di soggiorno pode ser cobrada no momento do check-in ou check out.

Confira, a seguir, os valores cobrados em outras grandes cidades italianas:

Milão: (menores de até 12 anos não pagam)

Hotéis 5 estrelas: 5 euros

Hotéis 4 estrelas: 4 euros

Hotéis 3 estrelas: 3 euros

Hotéis 2 estrelas: 2 euros

Veneza: (menores de até 10 anos não pagam)

A cidade possui tarifas diferenciadas para a alta e baixa temporada. Os valores a seguir são para a alta temporda (de 1 de fevereiro até 31 de dezembro), na baixa temporada (de 1 a 31 de janeiro), considere que os valores caem para a metade.

Hotéis 5 estrelas: 5 euros

Hotéis 4 estrelas: 4,50 euros

Hotéis 3 estrelas: 3,50 euros

Hotéis 2 estrelas: 2 euros

Florença (crianças de até 12 anos não pagam a taxa)

Hotéis 5 estrelas: 5 euros

Hotéis 4 estrelas: 4 euros

Hotéis 3 estrelas: 3 euros

Hotéis 2 estrelas: 2 euros

Bolonha (menores de até 14 anos não pagam)

A taxa é calculada de acordo com os valores das tarifas dos hotéis.

Naqueles com preços diários que superam 200,99 euros a taxa é de 4 euros.

Nos hotéis com tarifas entre 121 e 200,99 euros, a taxa também é 4 euros.

Nas estruturas que cobram diárias que oscilam entre 71 e 120,99 euros: 2,50 euros.

Naquelas com preços entre 31 e 70,99 euros: 2 euros.

Enfim, em hotéis mais simples, que cobram entre 1 e 30,99 euros: 1 euro de taxa por dia.

Nápoles: (menores de 18 anos não pagam)

Hotéis 5 estrelas: 4 euros

Hotéis 4 estrelas: 2,50 euros

Hotéis 3 estrelas: 1,50 euros

Hotéis 2 estrelas: 1 euro

 

 

 

This article has 3 comments

  1. Ricardo Dellai

    Eu acho um roubo. E o turista como sempre faz papel de pazzo. Tudo bem que o país está em crise, mas precisam arrumar outros meios sem onerar o turista que já gasta demais para chegar até a itália. Agora só fico na casa dos italianos.

  2. Ingrid

    Cidadãos europeus também devem pagar l’imposta di soggiorno?

  3. Ricardo Dellai

    Verdade. Outra coisa esta taxa não é revertida em melhoramentos. O metrô de Roma até hoje quando chove alaga, por que não investem num sistema de drenagem tudo que é construído no subsolo precisa disso. Basta ver o que aconteceu na estação rebibbia em roma na última chuva parecia um rio. Já que não investem em melhoria então devem abolir esta tassa noiosa i schifosa come si parla in italiano. Abraços.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *