Booking.com
Pitigliano, a pequena Jerusalém na Toscana
Città d'ArteVer

Pitigliano, a pequena Jerusalém da Toscana

Pitigliano é uma cidade toscana com pouco mais de 3 mil habitantes que planejava visitar há muito tempo.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

Sei que a Itália esbanja vilarejos de rara beleza e que é complicado estabelecer prioridades quando o seu itinerário de viagem foi traçado com precisão matemática. No entanto, existem lugares inesperados ou fuori programma – como dizem os italianos – que às vezes podem transformar-se em uma ótima recordação.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

As razões para incluir Pitigliano em um roteiro pela região são muitas. Vou tentar descrevê-las nesse post, mas as fotos são mais eloquentes do que qualquer adjetivo que eu usar aqui.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

Antes mesmo de entrar na cidade você descobrirá que Pitigliano é uma aldeia muito fotogênica. Localizada acima de penhascos cravejados por cavernas, o vilarejo parece debruçado sobre uma janela com vista para vales verdejantes.

Pittigliano, Toscana

A principal característica de Pitigliano são suas construções de tufo, rochas porosas, de baixa densidade, e fáceis de serem escavadas. Não por acaso, nos subterrâneos da cidade existe um incrível labirinto de túneis e sepulturas de origem etrusca.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

Uma das principais atrações da cidade é o antigo Aqueduto Mediceo. A obra foi completada em 1639, graças a ordens da poderosa família Orsini para melhorar o abastecimento de água de sua própria residência. É impossível não notar os seus dois grandes arcos e a sua imponente estrutura sustentada por outros arcos menores.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

Para entrar em seu centro histórico, atravesse a Piazza Petruccioli e não deixe de admirar os bastiões de uma antiga fortaleza, hoje transformados em casas particulares. O centro histórico do vilarejo é formado por três ruas principais (Via Vignoli, Via Roma e Via Zuccarelli) e percorrendo-as sensação é aquela de voltar no tempo.

bairro judeu de Pittigliano, Toscana, Itália

A cidade é graciosa e também é conhecida como a pequena Jerusalém. Isso porque possui um antigo bairro judeu.  No século XVI Pitigliano era um território governado pelos condes da família Orsini. Em 1556, Niccolò IV Orsini – que era favorável à presença de judeus na cidade – doou ao seu próprio médico, de origem hebraica, um terreno para a construção de um cemitério para a comunidade. Mais tarde foi realizada uma sinagoga e criado um gueto hebraico.

Sinagoga de Pittigliano, Toscana

No final da década de 30, com as leis raciais emanadas por Benito Mussolini, o número de judeus reduziu-se drasticamente em Pitigliano. Durante a segunda guerra mundial, muitos membros da comunidade só sobreviveram graças à famílias católicas que os escondiam.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

Um programa imperdível é visitar a Sinagoga e o antigo gueto com muitos locais escavados nas rochas de tufo. É possível conhecer os lugares nos quais a comunidade produzia o vinho Kasher e o pão ázimo, visitar o museu da cultura hebraica ou descobrir como era a sala utilizada para o banho ritual (Tevilà) realizado em circunstâncias como, por exemplo, aquele da conversão ao hebraísmo, antes do casamento ou depois do parto.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

Além do bairro judeu, se ainda tiver tempo para explorar a cidade, não deixe de visitar a Chiesa di Santa Maria, a mais antiga de Pitigliano (XII século) e o Palazzo Orsini, sede de um museu com vinte salas decoradas com tetos e paredes ricamente decorados por brasões e afrescos de figuras como signos do zodíaco.

Pittigliano, a pequena Jerusalém na Toscana

Para os mais ousados, nos arredores de Pitigliano existem as chamadas vie cave, túneis bem sinalizados, de até 20 metros de profundidade, escavados no solo e hoje recobertos de vegetação.

É bom saber: Pitigliano fica na província de Grosseto, a cerca de 155km de Roma e 190 km de Florença. Sinangoga e antigo gueto hebraico: Vicolo Marghera (travessa da via Zuccarelli). De 1 de abril a 30 de setembro das 10h às 13 e das 14h30 às 18h. De 1 de outubro a 31 de março das 10h às 12h e das 15h às 17h. Fechado aos sábados. Ingressos: 5 euros
Como você pode contribuir com a atualização constante do Post-Italy.com? Contratando os serviços de nossos parceiros afiliados. Reservando qualquer hotel na caixa de busca do Booking.com presente aqui no site sem pagar nada a mais por isso, comprando antecipadamente aqui os ingressos para os principais monumentos de Roma ou o passe de atrações e transportes Roma Pass e reservando passeios guiados com a Get your Guide nos banners que você encontra na lateral direita do site. Obrigada!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *