pontes de Roma
MonumentosVer

Itinerário para percorrer as pontes do rio Tibre em Roma

Pessoalmente, acredito que as pontes de Roma exercem um papel que supera as expectativas. Unir, conectar. Do ponto de vista arquitetônico, essa é a função desse tipo de estrutura. Já da perspectiva de quem visita a cidade eterna pela primeira vez, as pontes de Roma são cúmplices de amores que nascem. De outros que se dissolvem. São guias de cimento que nos orientam quando o mapa ou o GPS não nos bastam.

Pontes de Roma

Na minha história elas são protagonistas. Era outubro de 1997. Meses antes a França vencia a Copa do Mundo. Nos Estados Unidos, dois jovens fundavam a Google Inc e eu tinha um amor que, ainda sem saber, teria se tornado aquele para a vida. Foi passeando pelas pontes às margens do rio Tibre que trocamos confissões. Anos depois, foi no hospital entre Ponte Cestio e Ponte Fabricio que minha filha nasceu.

Pontes de Roma

As pontes acompanham a rotina dos romanos e, para os turistas, seguir as pontes que atravessam a cidade é uma maneira de conectar-se intimamente com a capital.

Pontes de Roma

Seguindo o fluxo do rio você atravessará diversas pontes e poderá orientar-se com facilidade, além de descobrir que as pontes de Roma são pontos de observação privilegiados para admirar alguns de seus principais monumentos. Em Roma as pontes são onipresentes e algumas são cartões postais da cidade. Nesse post, uma seleção daquelas que você não pode perder durante a sua viagem.

Pontes de Roma

 Ponte Inglese ou Ponte Palatino

Pelo sentido de circulação dessa estrutura (contrário em relação aquele italiano), essa ponte de ferro é chamada “ponte inglesa” e liga o Lungotevere Aventino ao Rione Ripa, no bairro de Trastevere. Também é conhecida como Ponte Palatino e foi erguida por volta de 1886.

Ponte Rotto

Ponte rotto, ou “ponte quebrada”, como é popularmente chamada a antiga pons Aemilius”, foi erguida por volta de 241 a.C, simultaneamente à inauguração da Via Aurelia, uma das estradas consulares de Roma. Em 1557, a ponte caiu por causa de uma violenta enchente, mas Gregorio XII Boncompagni decidiu reconstrui-la para o ano santo de 1575. Ainda hoje é uma atração turística e o melhor lugar para observá-la è as margens da Ilha Tiberina.

Pontes de Roma

Ponte Cestio

Conecta a Ilha Tiberina às margens direitas do rio Tibre e também é conhecida como Ponte San Bartolomeu, em homenagem à igreja presente na ilha desde 997 d. C.

Pontes de Roma

Ponte Fabricio ou Ponte dei Quattro Capi

Construída por volta de 62 a. C, é aquela que você atravessa quando deixa o gueto judaico de Roma e caminha até até à Ilha Tiberina. É provavelmente a mais antiga de Roma e substituiu uma ponte de madeira. Graças à proximidade com o gueto e com a igreja de San Gregorio – local que os judeus eram obrigados a frequentar durante o estado pontifício – também era conhecida como a ponte dos judeus.

Pontes de Roma

Ponte Fabricio também é chamada de Ponte dei Quattro Capi (Ponte das Quatro Cabeças) porque em sua extremidade ficam dois  grupos de quatro esculturas. Uma lenda narra que quatro arquitetos encarregados pelo Papa Sisto V a projetar a ponte teriam brigado por motivos fúteis. O pontífice ordenou que fossem decapitados mas em homenagem ao trabalho que realizaram decidiu que na ponte seriam colocadas as esculturas de suas cabeças.

Ponte Sisto 

O antigo Ponte di Agrippa hoje conhecido como Ponte Sisto foi construído por volta de 12 a.C e, com o passar dos séculos, foi reformado várias vezes. A última reforma aconteceu durante o Jubileu, em 2000. É a ponte que deve percorrer para chegar até a Piazza Trilussa, local da movida romana e conhecido pela estátua de um dos poetas mais famosos da capital. Acredita-se que dessa ponte eram lançados no rio os primeiros mártires cristãos.

ponte sito, roma

Ponte Sant´Angelo

Inicialmente chamada de Ponte Elio, nome derivado do imperador culto Publio Elio Adriano, foi erguida entre 130 e 135 d.C como via de acesso para o “Mausoleo di Adriano”, hoje o Castel Sant´AngeloA partir de 1668, graças ao Papa Clemente IX, a Ponte Sant’Angelo foi restaurada por ninguém menos que Gian Lorenzo Bernini e dez estátuas de anjos com os símbolos da Paixão de Cristo foram acrescentadas à ela.

Pontes de Roma

Vale sublinhar que duas delas, uma com a coroa de espinhos e outra com um pergaminho foram consideradas belas demais para ficar expostas. Assim, foram substituídas por cópias enquanto as originais foram doadas para a igreja de S. Andrea delle Fratte.

Pontes de Roma

Ponte Flaminio 

A obra da Ponte Flaminio foi iniciada em 1939, mas teve que ser adiada por causa dos conflitos da Segunda Guerra Mundial. De clara inspiração fascista, foi terminada na década de 50 e estende-se por 292 metros. Do alto dela é possível avistar Ponte Milvio e o estádio de futebol de Roma.

Pontes de Roma

Ponte Milvio

A quase 5 km da Ponte Sisto e da Ilha Tiberina, a ponte foi construída em 109 a.C e sempre foi considerada estratégica graças a sua proximidade com as vias consulares de Roma. Ali aconteceu uma famosa batalha que um ano amis tarde resultou na  conversão de Constantino, o primeiro imperador cristão, e na liberdade de culto em todo o império. Em tempos mais recentes, Ponte Milvio foi a ponte mais decorada pelos “cadeados do amor”.

Pontes de Roma

Ponte della Musica

Ponte moderna, somente para passagem de pedestres, construída a partir de 2008. Serve de ligação entre a área do Foro Italico com o Estádio Olímpico de Roma, edifícios como o moderno museu Maxxi e o Auditorium Parco della Musica, o principal palco de shows musicais em Roma. Possui mais de 200 metros de comprimento e foi projetada pelo arquiteto Kit Powell Williams.

Pontes de Roma

Para passeios guiados com uma acompanhante em língua portuguesa em Roma ou bate-voltas para outras cidades da Itália, entre em contato com a gente mandando um e-mail para postitalyblog@gmail.com

Se você encontrou dicas e informações úteis nesse blog, uma maneira legal de retribuir o Post-Italy.com é comprar antecipadamente, online, os seus ingressos para atrações italianas, inclusive o Roma Pass, com o nosso parceiro, a Get your Guide. É rápido, em português e você recebe os vouchers diretamente por em-mail. Todo mundo sai ganhando e você evita filas em qualquer cidade da Europa! Você pode dar uma olhada na página da Get your Guide e conferir.

TRANSFERS: Se procura motoristas confiança para te pegar no aeroporto ou para te acompanhar até o hotel ou em qualquer bate e volta, reserve o seu transfer aqui.

RESERVA DE HOTÉIS: Esse blog só existe graças à colaboração de cada um dos leitores. Por isso, se você realizar a sua reserva através dos links do Booking.com aqui no Post-Italy.com, as plataformas repassam uma pequena comissão para nós e você paga menos pelo seu hotel. Você apoia o nosso site e já sai do Brasil com tudo programado.

SEGURO DE VIAGEM:  Ninguém merece imprevistos durante uma viagem. Compare preços e reserve também o seu seguro de viagens, evitando qualquer perrengue durante a sua permanência no exterior.

Seguro viagem geral 300x250

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *