rio Tibre e cúpula do Vaticano
Informações práticas

Taxa de turismo em Roma: conheça os valores cobrados

Qual o valor da chamada taxa de turismo ou taxa de permanência em Roma (tassa di soggiorno)? Essa é uma das dúvidas mais frequentes entre os brasileiros que programam uma viagem para a Itália pela primeira vez.

A taxa cobrada aos visitantes não é uma exclusividade italiana. O imposto muda de nome mas também existe em lugares como a Grécia (stayover), a Croácia, nas Ihas Canárias e desde março de 2018 também no Porto, só para citar alguns.

Na Itália, o valor cobrado varia de cidade a cidade e, na teoria, o objetivo da taxa de turismo é arrecadar fundos para aprimorar os serviços e a infraestrutura à disposição dos turistas.

Na prática, ela serve para gerar receita, mas antes de torcer o nariz lembre-se que, por exemplo, Roma é uma das poucas cidades que garantem, no primeiro domingo do mês, a entrada grátis em muitos museus e sítios arqueológicos da capital, inclusive para estrangeiros. Criticada por muitos, o pagamento da taxa de turismo é obrigatório, com exceção de menores (leiam os detalhes logo abaixo).

Quem hospeda-se em Roma é obrigado a pagar uma taxa diária, por no máximo dez dias consecutivos de permanência na mesma estrutura e oscila conforme a categoria hoteleira escolhida. Há alguns dias, também foi anunciado que a regra poderá ser aplicada nos 378 comuni (cidades) da região do Lácio.

A tabela com os valores da taxa de turismo em Roma foi atualizada pela última vez em março de 2018. Por enquanto, os valores pagos na capital são 7 euros para hotéis cinco estrelas ou de categoria superior, enquanto os hóspedes de estruturas classificadas como 4 estrelas pagam 6 euros por dia.  Os hotéis 3 estrelas cobram 4 euros por dia, enquanto naqueles com 2 ou 1 estrela o valor é de 3 euros por dia.

Os hóspedes que preferirem alugar uma casa ou apartamento no esquema tipo Airbnb ou ficarem em um bed & breakfast, Guest House, Hostel ou Albergues pagam 3,50 euros por dia, enquanto em um agriturismo o valor cobrado diariamente é de 4 euros. A taxa de turismo pode ser cobrada no momento do check-in ou do check out, mas crianças de até 10 anos de idade não pagam o imposto.

Se você encontrou dicas e informações úteis nesse blog, uma maneira legal de retribuir o Post-Italy.com é comprar antecipadamente, online, os seus ingressos para atrações italianas, inclusive o Roma Pass, com o nosso parceiro, a Get your Guide. É rápido, em português e você recebe os vouchers diretamente por em-mail. Todo mundo sai ganhando e você evita filas em qualquer cidade da Europa! Você pode dar uma olhada na página da Get your Guide e conferir.

TRANSFERS: Se procura motoristas confiança para te pegar no aeroporto ou para te acompanhar até o hotel ou em qualquer bate e volta, reserve o seu transfer aqui.

RESERVA DE HOTÉIS: Esse blog só existe graças à colaboração de cada um dos leitores. Por isso, se você realizar a sua reserva através dos links do Hostelsclub ou do Booking.com aqui no Post-Italy.com, as plataformas repassam uma pequena comissão para nós e você paga menos pelo seu hotel. Você apoia o nosso site e já sai do Brasil com tudo programado.

SEGURO DE VIAGEM:  Ninguém merece imprevistos durante uma viagem. Compare preços e reserve também o seu seguro de viagens, evitando qualquer perrengue durante a sua permanência no exterior.

Seguro viagem geral 300x250

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *