Ravello, Costa Amalfitana
Ver

Ravello, a morada dos deuses na Costa Amalfitana

Tenho certeza que, nos dias de hoje, se Afrodite – a deusa do amor e da beleza, tivesse que escolher o lugar de morada das divindades ele não seria o Monte Olimpo, mas Ravello, na Costa Amalfitana.

Ravello, Costa Amalfitana

A combinação de vilas suntuosas, terraços debruçados sobre o mar, jardins exóticos e atmosfera para lá de romântica conquista até os mais céticos. Que seja a sua primeira ou décima vez na cidade, Ravello é sempre uma fonte de grandes emoções.

Ravello, Costa Amalfitana

Ao contrário dos outros vilarejos mais famosos da Costa Amalfitana com acesso fácil via mar, para chegar lá você precisará de um carro, pegar um táxi ou o ônibus da Sitasud. Para mais informações práticas sobre a Costa Amalfitana, não deixe de ler o post Costa Amalfitana: todas as dicas para organizar o seu roteiro.

Ravello, Costa Amalfitana

O percurso terrestre que te levará até Ravello, no entanto, não deixa de ser fascinante.  Durante o trajeto, uma coleção de curvas estreitas parecem escalar o chamado Valle del Dragone, repleto de limoeiros e vinhedos.

Ravello, Costa Amalfitana

Não há como ficar imune à beleza da paisagem e não por acaso Ravello era amada por personalidades como Richard Wagner, Virginia Wolf e Jackeline Kennedy.

Ravello, Costa Amalfitana

Graças a sua posição panorâmica, a cidade de Ravello é famosa por oferecer as vistas mais lindas da Costa Amalfitana e também por seus jardins mediterrâneos. Acredite, você não esquecerá tão cedo a vista de lugares como Villa Rufolo e Villa Cimbrone, o combo que garante as fotos mais incríveis de sua viagem.

Ravello, Costa Amalfitana

Chegando à Ravello de carro você encontrará um estacionamento logo abaixo de sua praça principal, a Piazza Duomo. Bastará subir alguns degraus de escada para encontrar o “cartão de visitas” da cidade. Na Piazza Duomo, a primeira sensação é aquela de encontrar um vilarejo hedonista. Ao lado da Basílica di Santa Maria Assunta e San Pantaleone ficam cafeterias com mesas ao aberto onde moradores e turistas curtem o ritmo lento, casas com varandas floridas, joalherias que exibem orgulhosas peças de coral e lojas de cerâmicas artesanais e multicoloridas. 

Ravello, Costa Amalfitana

Do lado direito da praça fica a torre-ingresso da cenográfica Villa Rufolo, antiga residência de uma potente família local. A Villa foi construída em época medieval e reformada por volta de 1800 e ainda hoje é um exemplo de riqueza arquitetônica e botânica.

Ravello, Costa Amalfitana

Logo depois da entrada você passará por um claustro (um dos ambientes mais fotografados da villa) e entrará no pátio interno da antiga residência. Ali poderá visitar a chamada Torre Maggiore. A torre tem 30 metros de altura  – símbolo de potência e opulência – foi transformada em museu e espaço expositivo que mescla o real e o virtual.

Ravello, Costa Amalfitana

Desde 2017, graças à construção de escadas de aço e vidro – os visitantes podem percorrer os seus andares até chegar no topo do monumento. O belvedere é protegido por vidros, mas mesmo assim dá para ter uma vista incrível da Costa Amalfitana e do centro histórico de Ravello. Depois de visitar a torre você encontrará um ambiente é ocupado por ruínas como aquela chamada de Sala dei Cavalieri de estilo árabe-siciliano-normando, jardins repletos de flores coloridas, pinos e ciprestes (Il Giardino di Klingsor) e um poço.

Ravello, Costa Amalfitana

No andar superior, você também pode visitar os ambientes internos da vila, composto por oito salas decoradas com cerâmicas de Vietri sul Mare e janelas com vista para o mar. Os jardins externos, no entanto, representam a mais espetacular da visita. No chamado Giardino Superiore foram realizadas as imagens que decoram os principais cartões postais de Ravello e é lá que acontece todos os anos, durante o verão, o Ravello Festival.

Ravello, Costa Amalfitana

Se trata de uma iniciativa que mescla música clássica e outras manifestações artísticas, transformando Villa Rufolo na agorà cultural da Costa Amalfitana. O palco montado com vista para o mar é algo indescritível porque de lá a Costa Amalfitana parece realmente um quadro de rara beleza.

Ravello, Costa Amalfitana

E se a elegância é algo que não falta em Ravello, outro lugar imperdível na cidade é Villa Cimbrone, atualmente um hotel de luxo cuja área externa pode ser visitada. No final do século XIX o terreno da vila foi comprada por um turista inglês com uma ideia bem precisa em mente; transformar a sua propriedade no lugar mais belo do mundo todo. Basta circular pelo seu terraço debruçado sobre o mar e decorado com bustos de mármore para entender que ele atingiu o seu objetivo. O local foi aquele escolhido por Greta Garbo para uma fuga romântica.

Ravello, Costa Amalfitana

Mais recente mas não menos fascinante – principalmente para os brasileiros – é o Auditorium Oscar Niemeyer de Ravello. A obra em vidro e  cimento lembra um gigantesco olho e tem capacidade para receber até 400 espectadores.

Ravello, Costa Amalfitana

Inaugurado em 2010, o local é palco de concertos de música clássica e moderna,espetáculos de dança e de exibição de filmes. O projeto nasceu depois de um pedido do sociólogo Domenico De Masi, no passado promotor do Ravello Festival. Isso porque apesar de associada à melodia por ter hospedado grandes nomes da música, a cidade até então não tinha um Auditorium.

Ravello, Costa Amalfitana

Inicialmente considerada grotesca e inconciliável com a paisagem local, hoje a obra de Niemeyer é parte indiscutível do cenário associado à Ravello.

Ravello, Costa Amalfitana

Entre uma atração e outra, reserve tempo para passear entre as ruelas da cidade, para admirar as lojas de cerâmicas e constatar que se Ravello é mesmo o lugar da morada dos deuses, nos consola saber que por sorte tanta beleza ainda é compartilhada com nós, mortais.

Villa Rufolo: Piazza del Duomo. Ingressos: 5 euros. Horário: das 9h às 18h. Ingresso: 7 euros.
Giardini di Villa Cimbrone: Via Santa Chiara, 26. Ingresso: 7 euros. Aberto a partir das 9h até o entardecer.
Auditorium Oscar Niemeyer: Via della Repubblica, 12. Horário: de segunda à sexta-feira das 9h às 14. Ingresso gratuito
Para comer: Ravello é uma cidade pequena e nós optamos por uma pausa para o almoço no Ristorante Vittoria (Via dei Rufolo, 3), que prepara ótimos pratos a base de peixe.

Se você encontrou dicas e informações úteis nesse blog, uma maneira legal de retribuir o Post-Italy.com é comprar antecipadamente, online, os seus ingressos para atrações italianas, inclusive o Roma Pass, com o nosso parceiro, a Get your Guide. É rápido, em português e você recebe os vouchers diretamente por em-mail. Todo mundo sai ganhando e você evita filas em qualquer cidade da Europa! Você pode dar uma olhada na página da Get your Guide e conferir.

TRANSFERS

Se procura motoristas confiança para te pegar no aeroporto ou para te acompanhar até o hotel ou em qualquer bate e volta, reserve o seu transfer aqui.

RESERVA DE HOTÉIS

Esse blog só existe graças à colaboração de cada um dos leitores. Por isso, se você realizar a sua reserva através dos links do Hostelsclub ou do Booking.com aqui no Post-Italy.com, as plataformas repassam uma pequena comissão para nós e você paga menos pelo seu hotel. Você apoia o nosso site e já sai do Brasil com tudo programado.

SEGURO DE VIAGEM

Ninguém merece imprevistos durante uma viagem. Compare preços e reserve também o seu seguro de viagens, evitando qualquer perrengue durante a sua permanência no exterior.

Seguro viagem geral 300x250

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *