Booking.com
gladiadores em Roma
Evitando furadas

Como evitar 10 furadas em uma viagem para Roma

1. Pegar um táxi pirata. Os veículos oficiais, registrados e autorizados a circular pela cidade possuem o símbolo do Comune (Município) e um número de licença.

2. Usar a rede de transporte público sem munir-se antecipadamente de passagem, correndo o risco de ser multado. Você pode comprá-los, por um 1,50 euros, nas estações de metrô e nos “tabacchi” , lojas de cigarros identificadas por uma placa com a letra “T”. Se permanecer dois ou três dias na cidade, economize comprando o Roma Pass.

3. Enfrentar filas quilométricas para visitar o principal ponto turístico da cidade, o Coliseu. Aqui, explico aos leitores uma dica valiosa para comprar antecipadamente os ingressos para visitá-lo.

4. A prefeitura já proibiu essa prática, mas nunca se sabe…Cair na tentação de tirar uma foto com um dos “gladiadores” que costumavam assediar os turistas na frente do Coliseu. Se o fizer, prepare o bolso, porque eles não cobram precinhos camaradas para uma foto de recordação…

5. Rodar pela cidade eterna de carro, perdendo tempo no trânsito, enlouquecendo para encontrar estacionamento, evitar as chamadas “ZTL” (zona a traffico limitato) ou os golpes dos parquímetros. Sobre esse tema, leia esse post aqui.

6. Gastar muitos euros para comprar garrafas de água mineral. Em Roma você encontrará diversas fontes de água potável para encher a sua garrafa com água fresquinha.

7. Sentar-se na mesa de uma das cafeterias da cidade achando que não pagará por isso. Em quase todos os locais da capital, consumir um café no balcão de um bar custa um preço. Consumi-lo sentado, outro, bem mais caro.

8. Aceitar o assédio de ambulantes que tentarão vender de tudo, desde guarda-chuvas, rosas até lembracinhas pseudo “made in Italy”.

9. Comer em um dos clássicos restaurantes caça-turistas, que costumam preparar pratos de massa pré cozida.

10. Voltar para casa sem ter provado a pizza branca com mortadela, um dos símbolos do lanche adorado pelos romanos.

Leia também:

Chá com o Papa e outras ciladas que você pode evitar em Roma

10 roubadas que podem comprometer sua estadia em Roma

Para comentários, favor utilizar o formulário presente no final da página. Obrigada!

This article has 13 comments

  1. Dani Bispo

    Ih Anelise, esse último item deixei de fazer

  2. Fernando

    Antes de mais deixe agradecer por estas magníficas dicas.
    Como referiu Fabio, o link “das pizzas brancas” e o “Vamos beber água no nasone?” não funcionam.
    Na eventualidade de terem migrado, poderia indicar a morada?
    Muito obrigado

  3. Dani Polis

    Ahahha eu tirei foto com um dos Gladiadores! Mas que tava tentando de tudo quanto é jeito me levar pra sair a noite.

    Mais uma história engraçada da minha vida!

    Beijo

  4. Dani Schneider

    Dicas tão importantes quanto as para o que fazer! Adorei!

  5. Anelise Sanchez

    Que bom que gostou! Ficamos felizes!
    Abs,
    Anelise

  6. Paulo Mario

    Estive em Roma com duas amigas em setembro. Além de ter a carteira furtada em Termini (estava no bolso da frente da bermuda, mas os caras são profissionais), caímos numa tremenda armadilha para turistas na Piazza Navona. O restaurante cobrou 14% de taxa de serviço, e ainda ficamos constrangidos e pagamos os 10% do garçom por fora. E a lasagna que eu pedi era minúscula. Evitem almoçar na Piazza Navona a qualquer custo!

  7. Ana castro

    Cuidado com esses tipos de assédios, infelizmente na maioria das vezes são aliciantes para posteriores assaltos. Já tive o desprazer de conhecer alguns casos com pessoas que me são conhecidas.
    Claro, não quer dizer que seja um caso generalizado, mas nunca é demais terem esse cuidado extra, mesmo porque por vezes é quase impossível resistir ao charme dos italianos!

  8. André Paulino

    Muito bom …

  9. babicampanaro

    Excelentes dicas, meninas! 😉 Também valem quase todas para Firenze! Baci

  10. Anelise Sanchez

    Agradecemos!

  11. brunad

    Não ir a pubs. Principalmente um chamado the yellow. Muitos gatos de varios países e você acaba não acordando no dia seguinte.

  12. Anonymous

    O turista em roma, se está hospedado em hotel, e vai ficar menos de 15 dias na cidade paga a taxa de permanencia de 3 euros dia….

  13. Anonymous

    Passei 18 dias na Italia em setembro passado. Acho que, alem de todas essas, a dica mais importante para quem vai viajar è nunca usar bolsos nem bolsa para guardar documentos e dinheiro. Usei todo o tempo “porta-dólares” e a tranquilidade que passa é maravilhoso. Não tem como ser roubada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *