Booking.com
Cisternino
Saborear

Cisternino: sucesso entre turistas com a fórmula direto do açougue para a mesa

Traindo minhas raízes brasileiras, confesso que não sou uma grande consumidora de carne. Muito pelo contrário. Como pouca carne vermelha, mas quando decido consumir esse tipo de alimento prefiro escolher com cautela o que levar para a mesa.

Cisternino, Puglia, Itália

Do ponto de vista gastronômico, alguns lugares da Itália são mais conhecidos pelo consumo regular de carne. A Toscana é um deles. Você provavelmente já deve ter ouvido falar, por exemplo, da clássica “bistecca alla fiorentina”, um corte especial e muito alto venerado pelos amantes da carne e uma “blasfêmia” para vegetarianos e veganos.

Cisternino, Puglia, Itália

De acordo com os resultados de uma pesquisa realizada pelo instituto Eurispes e divulgados em 2016, o número de vegetarianos na Itália chegou a 7,1% da população, enquanto os veganos representam 1%.

Cisternino, Puglia, Itália

Mesmo os italianos que consomem carne costumam ser consumidores atentos. Lêem as etiquetas dos produtos e quando possível privilegiam carnes de qualidade de raças como a Chianina, Fassona Piemontese, Marchigiana, Podolica, Sardo-Modicana, Maremmana e Romagnola, só para citar algumas.

Cisternino, Puglia, Itália

No sul da Itália, na região da Puglia, existe uma cidade que transformou a degustação das melhores carnes no seu cartão de visitas.

Cisternino, Puglia, Itália

Cisternino fica próxima à Monopoli e à Polignano a Mare e a 46 km de Brindisi. É uma cidade, como muitas da região, que nos lembra os vilarejos da Grécia. Casas brancas, becos estreitos, praças que se tornam sala de estar.

Cisternino, Puglia, Itália

Conversando com os moradores na região, muitos afirmam que a maioria dos turistas corre para Ostuni porque é mais badalada e que Cisternino é mais um lugar de nicho, para quem prefere lugares mais tranquilos.

Cisternino, Puglia, Itália

É considerado um dos burgos mais belos da Itália e além de edifícios históricos, Cisternino é conhecida por sua torre de 17 metros que no topo é decorada com uma estátua de San Nicola di BariOutra peculiaridade de Cisternino são os açougues-restaurantes, lugares que atraem turistas do mundo todo me que são chamados de “fornelli”

Cisternino, Puglia, Itália

Funciona assim. Entrando no local o cliente olha com atenção e escolhe um ou mais cortes de carne que são pesados e serão preparados na hora, na brasa. Uma das especialidades locais mais pedidas são “le bombette“, involtini ou rolinhos de carne de vitela recheadas com queijo cacciocavalo e às vezes enrolados no bacon). Linguiças, carne de cordeiro, de vaca, de porco, de vitela. Diante de tantas escolhas, muitos clientes preferem não errar na escolha e provar um pouco de tudo. Na mesa, copos de terracota e uma jarra de vinho.

Cisternino, Puglia, Itália

Nós, carboidratos-dependentes, preferimos começar o almoço com um prato de “pasta”. O garçom que nos serve arregala os olhos. Pedir massa em um reduto de amantes da carne soa mesmo estranho.

Quando vejo a porção de carne que chega fervendo para os vizinhos de mesa entendo que, provavelmente, depois do macarrão, não há espaço para tanta comida. Aí nasce a dúvida: viemos até aqui para não provar a carne? A solução é escolher uma simples bisteca ou uma  dividir uma porção abundante? Optamos pela segunda porque Cisternino, definitivamente, os avessos à gula não tem vez.

Alguns dos “Fornelli” em Cisternino:

Antigo Borgo: Via Tarantini, centro histórico

Zio Pietro: Via duca d´Aosta, 3

Al Vecchio Fornello: Via Basiliani, 18

Como você pode contribuir com a atualização constante do Post-Italy.com? Contratando os serviços de nossos parceiros afiliados. Reservando qualquer hotel na caixa de busca do Booking.com presente aqui no site sem pagar nada a mais por isso, comprando antecipadamente aqui os ingressos para os principais monumentos italianos com a nossa parceira Get your Guide, fazendo o seu seguro de viagem ou adquirindo ingressos para shows nos banners que você encontra na lateral direita do site. Obrigada!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *